20

Coisas que ninguém te conta sobre a maternidade


Estava ontem conversando com minha mãe e minha irmã que está entrando no sétimo mês de gestação sobre os filhos, a diferença de cada gestação e coisas que acabamos descobrindo somente quando somos mãe, então resolvi trazer pra vocês algumas coisas que aprendemos somente na prática, que muitas vezes nos dizem mas na prática é completamente diferente!



                                                                                                                                                                                                                
Amamentar pode doer: Não é uma regra mas muitas mães tem dificuldades para amamentar, o peito não tem bico ou o bebê tem dificuldade para pegar o peito, o leite demora a descer ou empedra em muitos casos o peito chega a sangrar! No primeiro mês da Julia ela não queria pegar o peito direito só mamava no esquerdo, o leite empedrou e a dor era horrível!



                                                                                                                                                                                                                                      
Bebês choram: É meio óbvio que bebês choram né, mas não é nada como nós imaginávamos eles choram pra valer e no começo muitas vezes não sabemos ao certo o que fazer ou saber o motivo do soo, será sono, fome, fralda suja ou apenas querem um aconchego? A Sofia teve muitas cólicas e os primeiros meses foram bem difíceis. 





Todo mundo tem um palpite: Você sai da maternidade chega em casa com o bebê e começam as visitas muitas vezes inconvenientes e cheias de opiniões sobre como você deve cuidar do seu filho e elas continuam vindo quando eles crescem cada um querendo dizer como você tem que educar, claro que ajuda é bem vinda mas cada um gosta de fazer as coisas de um jeito. 




                                                                                                                       
Vamos amamentar em público: Quando estava grávida da Julia eu mesma        achava um absurdo tirar o peito na frente dos outros, mas quando a gente se          torna mãe não damos mais bola pra isso... é um momento lindo, único entre mãe e filho que da o maior prazer!

    
Você vai fazer coisas que não imaginava: A maternidade faz você ficar mais forte e mais dedicada faz você voltar a ser criança, sentar no  chão, brincar de bonecas, correr e dançar no parque como se não tivesse mais ninguém lá olhando e você vai adorar fazer isso! Você vai estar    cansada ou doente e mesmo assim vai ter forças para cuidar da casa dos filhos e tudo que envolve ser mãe!


Você vai sentir muito medo: Você sente medo o tempo todo, medo de não fazer as coisas certas, medo do filho(a) ficar doente, medo de você ficar doente vai sentir medo quando eles saem de casa sem você ou quando você sai de casa sem eles, quando eles crescem então você imagina as maiores catástrofes quando eles não estão a sua vista... Quando a Julia não está em casa se ela não atende o telefone fico pensando nas piores coisas que podem acontecer e a maioria das vezes ela está com o pai ou com a avó.


Vai entender a birra alheia: Isso mesmo, quantas de nós antes de ser mãe não olhamos torto para uma criança fazendo birra na rua ou no supermercado. Nem sempre é fácil controlar uma criança em um rompante desses muitas vezes com sono ou doentes, essa é uma forma que eles tem pra se comunicar e muitas vezes chamar atenção, as crianças não sabem se expressar como nós, e temos que manter a calma para conseguir acalma-los.



Teoria é só teoria: Nem tudo o que funciona para um funciona para todos, muitas vezes em nossa casa as coisas não acontecem como dizia em todos aqueles livros e sites que você leu durante a gestação, na prática as coisas são diferentes, nem todos conseguem colocar o bebê acordado no berço até que ele pegue no sono sozinho e não devemos ficar frustradas por isso.





Ser mãe muitas vezes assusta, mas é a melhor coisa do mundo, aprendemos muito com a maternidade e lidamos com diversas situações muitas vezes inusitadas do dia a dia mas no final tudo vale a pena, cada instante por mais difícil que seja... e ai como é? vocês tiveram alguma dificuldade?
16

Sala de recursos (Inclusão Social)


Como já falei, na semana passada teve reunião de pais na escola da Sofia e nesse dia ficamos sabendo através da diretora Grazi que a escola da Sofia foi a primeira Escola de Educação Infantil do município contemplada com uma Salas de Recursos Multifuncionais... mas o que é uma sala de recursos? A sala de recursos é um ambiente de natureza pedagógica, orientado por professor especializado, que suplementa (no caso dos superdotados) e complementa (para os demais alunos) o atendimento educacional realizado em classes comuns da rede regular de ensino. Esse serviço é realizado nas escolas, em local dotado de equipamentos e recursos pedagógicos adequados às necessidades educacionais especiais dos alunos, podendo estender-se a alunos de escolas próximas, nas quais ainda não exista esse atendimento. Pode ser realizado individualmente ou em pequenos grupos, para alunos que apresentem necessidades educacionais especiais, em horário diferente ao horário de aula (no contra turno).
Esses espaços começaram a ser implantados no Brasil no final dos anos 90 e foram se adaptando ao longo dos anos, ter recursos para atender todos os tipos de deficiências é o modelo defendido pelo MEC As salas também tem a vantagem de aproximar a família da vida escolar dessas crianças. Os pais passam a ter mais informações sobre como auxiliar seus filhos na busca por autonomia, assim como na escola da Julia que também tem uma sala de recurso, a que foi feita na escola da Sofia vai atender as crianças de todo o município dentro da faixa etária da escola que na escola da Sofia é de 0 a 5 anos, temos convivência com crianças aqui no condomínio que utilizam essas salas, tenho também um primo autista em que esse tipo de atendimento foi muito importante no seu desenvolvimento escolar, hoje frequenta o ensino regular em sala de aula com outros alunos sem o menor problema... infelizmente ainda não temos esse acesso em todos os municípios do Brasil.
A instalação das salas são feitas a pedido das redes municipais ou estaduais, segundo dados são mais de 5,5 mil em funcionamento. Aqui temos o privilegio dessas salas e de conviver com essas crianças que me ajudam a ensinar minhas filhas a conviver e respeitar as diferenças... mas isso é assunto para outro post!

Como é ai na cidade de vocês? 
7

Dicas para acompanhar a vida escolar dos filhos


Nossos filhos passam um bom tempo na escola, aqui a Sofia fica em turno integral são quase 12 horas na escola e como e já tinha contado pra vocês ela teve uns dias em que não queria ir a escola, chorava e não queria ir de jeito nenhum, no inicio da semana tive uma reunião com as orientadoras da escola e ontem foi a reunião geral da escola onde aproveitei para conversar com as professoras, todas disseram que não aconteceu nada de diferente coma Sofia, inclusive que ela é a aluna mais quieta da sala e nunca teve problema nem com os professores nem com os colegas e prometeram ficar de olho nela e me avisar sobre qualquer coisa diferente que notarem... bem, é justo já que é onde eles passam uma boa parte do seu dia que a gente conheça bem a escola os professores e a rotina escolar deles e esta parceria pais e escola é muito importante, nunca faltei a nenhuma reunião escolar desde que a Julia entrou na escola, faço questão de conhecer os professores tanto da Julia quanto da Sofia é muito importante os pais participarem da vida escolar dos filhos.
O interesse pela vida escolar dos filhos é fundamental no processo de aprendizagem, ao ver que os pais se interessam pelos seus estudos e sua vida escolar as crianças se sentem valorizadas, acompanhar a vida escolar dos filhos não é apenas cobrar é muito mais do que isso, é preciso estimular, motivar, valorizar, ensinar, conversar, prestigiar, discutir... nessa parceria a cobrança deve ser a última ferramenta a ser usada se a criança é ouvida, apoiada e prestigiada ela se sente motivada para aprender e aproveitar todas as oportunidades que a escola oferece.



Segue algumas dicas de como acompanhar e participar da vida escolar dos filhos.
  1. Mantenha um canal comunicação com a escola, participe das reuniões escolares, converse com os professores
  2. Ajude seus filhos com as tarefas, mas não dê as respostas o estimule a descobrir as respostas sozinho
  3. Se ele errar incentive-o a tentar de novo
  4. Não faça a tarefa pelo seu filho
  5. Estabeleça um horário para que seu filho faça a lição, deixe a casa tranquila nesse horário
  6. Use os livros como o principal material de pesquisa, use o computador como complemento
  7. Incentive seu filho e evite compara-lo com outra criança
  8. Não saber responder alguma dúvida do seu filho não é o fim do mundo, se isso acontecer o encaminhe ao educador
  9. Reconheça os limites do seu filho, o encoraje mas não estabeleça metas que ele não conseguirá atingir
  10. Converse com seu filho saiba o que está acontecendo na escola, escute o que ele tem a dizer
Incentive seu filho a ler, de livros de presente e dê o exemplo mostre que estudar é importante e ler é divertido, leia com ele, leia pra ele...
Como é a vida escolar por ai?
17

Pontos positivos e negativos do chocolate


Com a páscoa chegando ir ao supermercado é uma verdadeira tentação, com doces e chocolate por todos os lados e aquele corredor todo coberto por ovos de chocolate, fica difícil de resistir... Junto com a satisfação em devorar uma barra de chocolate vem a culpa por te-la devorado, mas o chocolate também pode ser um alimento saudável desde que consumido com moderação. Ele é rico em vitaminas e antioxidantes que previnem o envelhecimento e minimizam os sintomas da TPM.

Pontos positivos:
  • Estimula os neurônios, libera neurotransmissores no cérebro
  • tem propriedades antioxidantes e estimula o sistema nervoso central
  • Acalma a TPM e age como antidepressivo
  • Diminui o colesterol ruim (LDL) e aumenta o bom (HDL)
  • Diminui o risco de doenças de coração
  • Atua como antienvelhecimento
  • É rico em vitaminas A, B, C. D, magnésio, manganês, potássio, sódio, ferro, flúor e fósforo



Pontos negativos:
  • Aumenta o colesterol
  • Aumenta o nível de gordura no sangue
  • Pode o estomago e a mucosa do intestino
  • Engorda por ser muito calórico
  •  Pode causar diarreia e sensação de estar empanturrado
  • Pode causar irritação na pele
  • Pode causar enxaqueca



A melhor opção é o chocolate amargo pois é rico em cacau, e é no fruto que estão os principais benefícios do chocolate, na versão ao leite a substância também aparecem só que em menor quantidade, e no chocolate branco somente a manteiga do cacau (apenas a gordura).
A legislação brasileira afirma que o produto só pode ser considerado chocolate se tiver mais de 25% de cacau, por isso é importante ler a embalagem antes de consumir
O chocolate é o doce mais popular na páscoa, pesquisas mostram que pessoas que consomem chocolate diariamente tem o IMC menor do que o de pessoas que não tem esse hábito, recomenda-se que o consumo não passe de 50 gramas por dia o equivalente a um bombom, o chocolate tem em torno de seis calorias por grama ou seja uma barra de 100 gramas tem 600 calorias no caso do chocolate ao leite tem ainda as gorduras saturadas que vem do leite.


25

Decoração para a páscoa

Vocês já decoraram a casa para a páscoa? Eu ainda não decorei mas como a Sofia pediu hoje resolvi dar uma olha para ter algumas ideias para junto com ela colocar a mão na massa aqui em casa, tem tanta coisa legal... escolhi as que mais gostei pra mostrar pra vocês!
Olha que lindo!


Material

  1. Bexiga
  2. Cola branca
  3. Spray fixador (pode ser fixador de cabelo)
  4. Tesoura
  5. Pincel
  6. Linha de crochet


Como fazer

  1. Encha a bexiga até ter o tamanho desejado 
  2. Dê várias voltas com a linha ao redor da bexiga
  3. Com o pincel passe a cola e deixe secar de um dia para o outro
  4. Depois que a cola secar por completo fure a bexiga
  5. Com a tesoura faça um corte oval com cuidado para não amassar a peça
  6. Passe glitter e use o spray fixador para segurar melhor o glitter na peça
  7. Depois de seco é só decorar como preferir


Material
  1. Papel colorido de sua preferencia (escolha um que seja mais firme)
  2. Tesoura
  3. Grampeador
  4. Corda elástica
Como fazer

  1. Faça o modelo do ovo no tamanho que preferir
  2. Recorte 5 ovos do mesmo tamanho
  3. Grampeie os ovos bem no centro
  4. Abra as folhas para formar o ovo
  5. Faça um furo para pendurar
Obs: Com a corda elástica o efeito fica bem legal, mas pode ser pendurado com linha ou fita de cetim


Material
  1. Cartolina verde
  2. Cartolina laranja
  3. Tesoura
  4. Tesoura de picotar
  5. Grampeador
  6. Agulha grande
  7. Barbante
Como fazer

  1. Corte tiras do mesmo tamanho (verde com a tesoura normal e laranja com a tesoura de picotar)
  2. Dobre a cartolina verde em zig-zag 
  3. Grampeie a cartolina laranja ao meio juntando com a verde
  4. Vire e grampeie a ponta laranja 
  5. Com a agulha passe o barbante pelas cenouras e é só decorar

Material
  1. 3 pratos de papel
  2. Cartolina rosa
  3. Fita ou barbante
  4. 1 pom pom rosa
  5. 2 pom pons brancos
  6. 2 olhos
  7. Furador
  8. Canetinha
  9. Cola quente ou grampeador
  10. Tesoura
Como fazer

  1. Em um dos pratos Faça um corte
  2. Com a cola quente ou grampeador junte o prato cortado com um inteiro formando a cabeça
  3. Corte o outro prato ao meio e depois corte cada metade formando as orelhas
  4. Corte a cartolina rosa e cole nas orelhas
  5. Cole as orelhas na cabeça do coelho
  6. Cole um pom pom rosa no centro para fazer o nariz
  7. Cole pom pom branco em baixo do rosa 1 de cada lado
  8. Cole os olhos
  9. Use a canetinha para fazer os dentes
  10. Faça um furo de cada lado do coelho
  11. Use a fita ou barbante para fazer a alça da cesta e é só preencher com seus doces preferidos
O que vocês acharam? Vou decorar com a Sofia no final de semana depois eu mostro pra vocês!
Se alguém tiver alguma sugestão pra nós fazer no final de semana manda pra mim, o que eu fizer eu mostro pra vocês depois!
13

Sofia na cozinha

Hoje a Sofia pediu bolo, e como sempre ela foi ajudante da mamãe


Ela bateu as claras


Fez o glacê (ela já faz sozinha)


E esperou ansiosa o bolo ficar pronto


A receita é bem simples

Ingredientes

  • XÍCARAS DE AÇÚCAR REFINADO
  • XÍCARAS DE FARINHA DE TRIGO
  • 4 COLHERES DE MARGARINA
  • 3 OVOS CLARAS E GEMAS SEPARADAS
  • XÍCARA E 1/2 DE LEITE
  • 1 COLHER DE FERMENTO
Modo de preparo

Bata as claras e reserve

Depois bata a margarina junto com as gemas e o açúcar ate formar um creme

Junte o leite e a farinha sem parar de bater

AGORA MISTURE AS CLARAS E O FERMENTO DELICADAMENTE NÃO PODE MAIS BATER COM A BATEDEIRA 

Coloque numa forma de pudim e leve ao forno por cerca de 40 minutos


15

Não quero ir na escola!


As crianças muitas vezes nos colocam em situações desconfortáveis tamanha sua espontaneidade... essa semana pela primeira vez desde que começou na escola a Sofia não quis ir, esse ano como ela esta indo de transporte escolar eu vou com ela até a portaria do prédio onde a gente espera o transporte, desde o começo ela foi super tranquila fez até amizade com outro menino da mesma idade que mora no condomínio e vai junto com ela, mas nesse dia tudo começou normal levantamos, nos lavamos, nos trocamos, tomamos café, escovamos os dentes e fomos até a portaria ela esperou o transporte e na hora de entrar ela começou a chorar se segurou na porta e não teve jeito... como eu estava de férias fiquei com ela em casa liguei para escola e sentei para conversar com ela, fiquei preocupada pensei que tivesse acontecido algo na escola mas a danada não queria ir na escola porque queria muito assistir desenho e eu posso com isso? Conversei com ela sobre a importância de estudar e como não podemos fazer o que a gente quer na hora que a gente quer e combinamos que nesse dia ela não assistiria a nenhum desenho, ela concordou e foi brincar com as bonecas e fantasias no quarto enquanto eu organizava a casa, e olha só com que carinha que ela veio pedir desculpas...

Não tem como resistir esse rostinho!
No outro dia ela foi normalmente pra escola como se nada tivesse acontecido...
Mas quando a criança não quer ir a escola é sempre importante verificar os motivos por que ela não quer ir? Nem sempre é uma birra de criança então é importante conversar com a criança e contatar a escola e a professora pra ver se não aconteceu algo de diferente com a criança desde uma briga com um coleguinha até um não da professora pode levar a criança a não querei ir na escola.
 
0

Outras versões das princesas Disney


Buscando algumas imagens de personagens para uma brincadeira com a Sofia me deparei com algumas imagens diferentes das princesas Disney, algumas bem legais e outras nem tanto o que gerou uma série de perguntas da pequena mas nada que não pudesse ser respondido, então resolvi trazer aqui pra vocês algumas dessas versões:

Essa é a que eu mais gosto é a mais fofa de todas, as princesas crianças


Essa também é super fofa e uma das preferidas da Julia, a versão Anime


Zumbis


Moderna



Rockeira


Heroínas


Bruxa má


Loucas


 Plus Size


Grávidas


Mãe


São muitas opções... essas são algumas das que mais gostei!
E vocês de qual mais gostaram?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...